fbpx
Inicio » Nutrição » 6 alimentos (muito) ricos em Zinco

6 alimentos (muito) ricos em Zinco

Aumenta o teu consumo diário de Zinco com estes alimentos

O Zinco é um mineral essencial para o corpo, tendo diversas funções importantes no mesmo, entre as quais podemos realçar o seu papel na otimização do funcionamento do sistema imunitário, no metabolismo energético e principalmente o seu impacto nos níveis de testosterona.

É por isso conveniente que estejas familiarizado com alguns dos alimentos ricos em Zinco, principalmente agora com o calor do verão, já que o suor leva a uma perda significativa deste mineral, e o treino também.

Uma eventual deficiência pode resultar numa diminuição dos teus níveis de testosterona, o que é de todo evitável, e obviamente prejudicial.

A forma mais fácil de assegurares que colmatas qualquer potencial carência deste mineral é, naturalmente, através da alimentação. Isso é possível recorrendo a alimentos ricos em Zinco.

O Zinco é um dos ingredientes, e o principal, do suplemento Z(inco)MA, para saberes mais sobre este suplemento dá uma vista de olhos neste artigo.

Vejamos abaixo 6 alimentos muito ricos em Zinco, bem como o seu valor nutricional geral por cada 100g, para facilitar a sua introdução na tua alimentação.

Ostras

1 - Ostra

Talvez não as consigas incluir na tua alimentação de forma regular, mas as ostras são o alimento mais rico em Zinco.

Além de serem ótimas fonte de Zinco, as ostras também fornecem algumas proteínas, ácidos graxos ómega-3, bem como várias vitaminas e minerais.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
90mg  900% 68 2.5g 3.9g 7g

Gérmen de trigo

4 - Gérmen de trigo

O gérmen de trigo é rico em Zinco, mas também em diversos outros minerais e vitaminas, como o Ácido fólico, Vitamina E, e Vitaminas do complexo B, que permitem fortalecer o sistema imunitário e não só.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
12,3mg  123% 360 10g 52g 23g

Fígado de Vitela

vitela

O fígado de vitela, é rico em Zinco, proteínas, mas, além disso, está também carregado de Vitamina B12, a qual ajuda a manter o sistema nervoso e as células sanguíneas saudáveis, bem como de Vitamina A.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
12mg  120% 193 7g 4g 27g

Sementes de abóbora

7 - Sementes de abóbora

Além de deliciosas e ricas em Zinco, bem como noutros minerais como o Magnésio ou o Potássio, estas sementes são altas em calorias, o que facilita o aumento de peso numa dieta hipercalórica.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
10,3mg  103% 446 19g 54g 19g

Carne bovina

carne vaca

A carne vermelha é rica em Zinco, e a carne bovina não é excepção, com altos valores de proteína de qualidade, é uma excelente maneira de ter elevados níveis deste mineral na tua dieta.

Existem diversos cortes e tipos de carne vermelha, estes são os valores aproximados para cortes na zona da costela.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
7,4mg  74% 205 10g 0g 27g

Sementes de sésamo

6 - Sementes ou farinha de sésamo

Este alimento é não só rico em Zinco, mas também na maior parte dos outros minerais, com principal destaque para o Manganésio, o Cálcio, o Cobre e o Magnésio.

No entanto é preciso ter atenção à quantidade de calorias, já que é um alimento extremamente calórico, o que tal como as sementes de abóbora, pode ser benéfico numa dieta para ganho de peso, mas não tão conveniente numa dieta hipocalórica.

Zinco % DDR Calorias Gordura total Hidratos Proteínas
7,2mg  72% 565 48g 25.7g 17g

Conclusão

Tirando as otras, ficas aqui com vários alimentos fáceis de incluir no teu dia a dia para te assegurares que os teus níveis de Zinco estão optimizados.

Os benefícios deste mineral são óbvios, mas o seu consumo deve ser ponderado e não excessivo, já que o Zinco se pode tornar tóxico em doses demasiado elevadas.

A dose diária varia de indivíduo para indivíduo, dependendo do seu estilo de vida e sexo, mas o valor mínimo recomendado para a população em geral é de 10mg, sendo que atletas precisam normalmente de valores mais altos.

Nota. Os valores apresentados são números aproximados, baseados na informação do website nutritiondata.com

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Open

Códigos Myprotein AQUI