Inicio » Treino » Os exercícios que não podem faltar no teu treino de ginásio
melhores exercícios ginásio

Os exercícios que não podem faltar no teu treino de ginásio

Sabes quais são os melhores exercícios que podes fazer no ginásio?

Há trabalhos melhores, há trabalhos piores, carros melhores e carros piores, suplementos também.

Como é óbvio, os exercícios que podes fazer no ginásio não são excepção, e há uns mais eficazes do que outros.

Quais são eles?

Organizados por músculo, vais ficar a conhecer o melhor exercício para cada um deles.

Não são fáceis, mas vais ver que o esforço vai valer a pena.

Estes são os exercícios que não podem faltar no teu treino de ginásio.

Peito? Supino ou press com halteres.

Previsível, não?

No treino de peito, se perdeste alguma aposta, e agora só podes fazer um exercício para este músculo, não tens muito que pensar.

Preferes halteres ou barra?

O melhor exercício para trabalhar o peito é o supino/press, seja com barra, ou halter.

O movimento é o mesmo, só muda o material.

Não só é o melhor movimento para o peito, como também é bastante versátil, e podes adaptar de acordo com possíveis pontos fracos que possas ter.

Zona superior do peito pouco desenvolvida?

Sobe um pouco o banco, e faz este movimento de forma inclinada, ou seja, supino inclinado.

A parte inferior do teu peito está a ficar para trás?

Aposta no supino declinado.

Se quiseres ver como se faz o supino com barra clica aqui, com halteres aqui.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar o peito, vê este artigo.

peito com halteres

Pernas? Agachamento.

Mais um músculo, mais um exercício previsível.

A não ser que nunca tenhas entrado num ginásio, certamente já ouviste falar nas maravilhas do agachamento para desenvolver a zona inferior do corpo.

Desde os glúteos, aos gémeos, passando pelos quadríceps e femorais.

Este é simplesmente o melhor exercício que podes fazer para trabalhar os membros inferiores, e ter excelentes resultados.

Existem também várias variações deste movimento, que te vão permitir dar maior atenção a zonas específicas que queiras desenvolver.

Desde variações no posicionamento dos pés, até ao agachamento frontal, em que dá maior enfâse ao trabalho dos quadríceps.

É sem dúvida um exercício extremamente completo, mas também difícil.

Se não tens muita experiência neste movimento, ou nunca o fizeste, pede a alguém com conhecimento para te acompanhar, e te ajudar a atingir uma boa forma de execução.

Caso contrário, não só não vais ter os melhores resultados, como corres o risco de lesão.

Se quiseres ver como se faz este exercício, clica aqui.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar as pernas, vê este artigo.

agachamento

Costas? Peso morto e Remada com barra.

Ok, aqui não é só um movimento, são dois.

Porquê?

O melhor exercício entre os dois, é sem dúvida, o peso morto.

Extremamente completo, e eficaz, mas também desgastante.

Achámos importante colocar aqui uma alternativa ao principal, porque dependendo do treino que utilizes, podes precisar.

Em treinos de corpo inteiro por exemplo, combinar o peso morto com o agachamento, nem sempre é boa ideia.

Não só o impacto na zona lombar é muito forte, como o desgaste a nível físico e mental é enorme, e se não for bem planeado, pode ser prejudicial.

A remada com barra, a nível do treino de costas, não fica a perder muito para o peso morto, e traz excelentes resultados também.

Este é daqueles casos em que o melhor depende muito da situação.

O peso morto conta também com imensas variações, e pode ser utilizado para trabalhar de forma muito eficaz as pernas por exemplo, com o peso morto romeno.

Se quiseres ver como se faz o peso morto, clica aqui, para a remada com barra, aqui.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar as costas, vê este artigo.

peso morto

Ombros? Press com barra ou halteres.

Para um físico completo, e aquela forma em V tão desejada por quem anda no ginásio, uns ombros bem trabalhados são essenciais.

O melhor exercício para trabalhar os ombros é o press com barra, ou com halteres.

Pode ainda ser feito em pé, ou sentado.

Seja com barra ou com halteres, em pé ou sentado, todos eles são formas eficazes de trabalhar os ombros.

Escolhe a tua forma favorita, e aplica-te.

Há exercícios que se focam mais em determinada área dos ombros, mas nenhum é tão eficaz a desenvolvê-los de forma completa como este movimento.

Se optares pela forma em pé, não te esqueças de ter muita atenção à postura, e o ideal será teres alguém contigo para se certificar que estás a fazer de forma correcta.

Se quiseres ver como se faz o press de ombros clica aqui.

press ombro

Tríceps? Supino com pega estreita.

O supino volta a aparecer, e desta vez, é para trabalhar parte dos braços.

O melhor exercício para trabalhares os teus tríceps é o supino com a pega estreita.

No supino normal, colocas as mãos significativamente afastadas, desta forma, o trabalho dos tríceps diminui, e o do peito aumenta.

No entanto, se colocares as mãos próximas, utilizando uma pega estreita, os tríceps assumem a maior parte do trabalho.

É um exercício extremamente eficaz para trabalhar esta parte do braço, e que na maioria dos ginásios, não recebe a atenção que devia.

Se ainda não o utilizas, prepara-te para resultados impressionantes. E dores musculares também.

Se quiseres ver como se faz o supino com pega estreita, clica aqui.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar os tríceps, vê este artigo.

supino pega estreita

Bíceps? Curl com barra ou halteres.

Os bíceps são músculos pequenos, mas que recebem uma grande atenção.

Se o teu objetivo é aumentar os braços, é fundamental desenvolveres não só os teus bíceps, mas também os teus tríceps, já que são estes que dão a maioria do volume ao braço.

Dito isto, para trabalhares os teus bíceps, utiliza o famoso Curl.

Seja com barra, ou com halteres, ambos são eficazes para desenvolver esta zona do corpo.

Existem ainda imensas variações, desde diferentes tipos de barra, diferentes tipos de pegas, em pé ou sentado.

Opta pelas variações que te permitem levantar mais peso, e evita aquelas dignas de demonstrações de ginástica.

Não é por custar mais que te vai dar melhores resultados.

Se quiseres ver como se faz o curl de biceps, clica aqui.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar os bíceps, vê este artigo.

curl bicep

Glúteos? Agachamento!

Se há alguns anos não era muito comum ver-se mulheres a treinar com pesos, hoje em dia, são cada vez mais.

E ainda bem.

A melhor forma de trabalhar os glúteos é através de exercícios com peso.

O melhor exercício para isto, tal como o é para o resto dos membros inferiores, é o famoso agachamento.

Se procurares por atletas fitness que tenham esta zona bem desenvolvida, todas te vão apresentar vários exercícios para aumentar esta zona. Dos mais básicos aos mais exóticos.

E existem imensos.

Uma coisa é certa.

Nenhum deles é melhor, ou tão completo, como o agachamento, e nenhuma destas atletas abdica deste movimento.

Para mais exercícios eficazes para trabalhar os glúteos(e não só), vê este artigo.

agachamento glúteos

Abdominais? Cozinha.

Não é a resposta que querias ouvir, mas é a verdade.

O melhor exercício para conseguires excelentes abdominais, é feito na cozinha, com a alimentação correcta.

Podes ter os melhores músculos abdominais do mundo, e passar horas a treiná-los, mas se estiverem cobertos de gordura, não aparecem.

Isto não quer dizer que não precisas, ou não deves, trabalhar os abdominais de forma directa.

Deves.

Mas preocupa-te acima de tudo com a alimentação e em baixar a percentagem de gordura corporal.

Se utilizares exercícios como o agachamento e o peso morto, eles já são recrutados de forma muito significativa.

Acrescenta um ou dois exercícios no final do treino, de preferência com resistência, e é uma questão de eliminar a gordura até eles aparecerem. Em grande.

Não sabes que exercícios de abdominais fazer? Vê esta lista.

abdominais

Conclusão

Agora que já sabes quais são os exercícios que não podem faltar no teu treino de ginásio, o que é que vais fazer?

Vais colocá-los em prática ou nem por isso?

Não chega saber quais são os melhores exercícios, precisas de um plano de treino que os inclua, de forma inteligente.

E precisas de o executar de forma consistente, afinal de contas, esse é o hábito principal para conseguires ter sucesso no ginásio.

Apesar destes serem os melhores, não quer dizer que não existam outros também eficazes, e fica aqui uma lista que te pode ser útil.

Para além disso, sabes quantas séries e repetições deves fazer no teu treino?

2 comentários

  1. Mais um artigo 5*.
    O meu instrutor já integrou todos os exercícios mencionados em dois planos de treino que vou alternando durante a semana, por isso sei que estou num bom caminho.
    Persistência é a palavra chave!
    Bem hajam pelo vosso site.

  2. ginasiovirtual.com

    Obrigado Helena.

    Sim, com uma boa base, é uma questão de tempo e persistência 🙂

Deixar um comentário

Open

Códigos Myprotein AQUI