Inicio » Nutrição » A regra mais importante no ginásio
ginásio treino

A regra mais importante no ginásio

Sabes qual é o factor mais importante no ginásio?

Existem imensos factores em jogo para se conseguir ter bons resultados no ginásio.

Na alimentação tens o tipo de dieta que segues, os alimentos que ingeres, quando os ingeres, as quantidades e muito mais.

No treino também.

Quantas vezes deves ir ao ginásio, que tipo de treino deves seguir, quantas repetições deves fazer ou quais os exercícios que deves utilizar. E não só.

Como se não bastasse, o tempo e a qualidade do teu descanso também é fundamental e ainda existem os suplementos.

É difícil não ficar confuso no meio de tantos factores.

Mas existe um mais importante do que todos os outros e que irá influenciá-los também.

Que factor é esse e de que regra estamos a falar?

O factor mais importante numa dieta e treino

Que factor é esse?

O factor mais importante para conseguires os resultados que queres no ginásio tem um nome.

É também muitas vezes relegado para segundo plano. Por vezes não é sequer considerado.

Chama-se consistência.

O factor mais importante para o sucesso de qualquer dieta, treino ou plano que sigas é a consistência.

Parece simples, mas será assim tão simples?

O Cristiano Ronaldo responde.

ginásio treino dieta

A consistência

Imagina o Cristiano Ronaldo quando era miúdo.

De início, começou por jogar futebol com os amigos quando lhe apetecia e sem grande rigor.

O tempo passado neste hobby começou a aumentar, tal como o rigor com a entrada no futebol a nível de clubes.

Entretanto ele ia não só tornando-se cada vez melhor jogador, como ia mudando para clubes cada vez mais competitivos e exigentes.

O treino era cada vez mais disciplinado e rigoroso.

A nível competitivo também se tornava mais intenso.

Eventualmente a dieta começou a ter também um papel fundamental no seu dia a dia para além do treino e dos jogos.

Hoje em dia tudo é extremamente exigente e medido com precisão para conseguir não só manter o seu nível como melhorar.

Todo o processo foi feito de forma gradual e consistente.

Agora imagina que tudo isto começava ao contrário.

Imagina o Cristiano Ronaldo no início a seguir tudo aquilo que faz actualmente.

Os treinos intensos, a alimentação rigorosa, os jogos extremamente competitivos.

Achas que conseguia?

Seria consistente?

Apesar da alimentação, treinos e rotinas terem mudado, o que sempre se manteve foi a consistência.

Parece que deu resultados.

cristiano ronaldo ginásio

A consistência na dieta

Não estás satisfeito com a tua forma física actual, e por isso, decides seguir o super plano de um atleta profissional que tem o corpo que desejas.

Encontras-te o seu plano na internet e estás determinado, apesar de ser uma mudança extrema em relação ao que fazes actualmente.

Apesar de o número de refeições não encaixar bem com o teu horário, estás decidido.

Não gostas de metade dos alimentos que este atleta usa, mas estás disposto a fazer o sacrifício.

Queres mudanças drásticas, por isso, precisas de uma dieta a condizer.

O problema?

Não vai funcionar.

Para uma dieta funcionar, precisa de encaixar no teu horário, precisa de combinar com as tuas preferências e precisa de ser viável a longo prazo.

Caso contrário as probabilidades de desistires rapidamente são altas. Muito altas.

E se desistes lá se vai a consistência.

ginásio dieta consistência

A consistência no treino

Ano novo, vida nova.

É agora em 2018 que vais conseguir o teu corpo de sonho, certo?

Para isso precisas de um treino intenso.

O teu plano actual de três treinos semanais não está a resultar. Ou talvez estejas sem treinar já lá vão uns bons meses.

Não interessa, ainda sabes onde fica o ginásio.

Algo como cinco treinos semanais com imenso volume e intensidade tal como o teu ídolo é o caminho a seguir.

Ou talvez não.

Tal como a dieta, o treino deve-se adaptar a ti.

Se sabes que é muito improvável que consigas semana após semana visitar o ginásio cinco vezes, será que é boa ideia?

Se sabes que regularmente tens dias em que te é impossível ir ao ginásio, será que faz sentido ignorares este factor?

Não.

ginásio consistência treino

Qual é a solução?

A solução é acima de tudo seres realista.

A primeira coisa que deves ter em conta quando começas uma dieta e um treino é a consistência.

A longo prazo, quantas vezes achas que consegues ir ao ginásio de forma consistente?

É fácil na primeira semana dizer todos os dias.

Mas e daqui a três meses, consegues dizer o mesmo?

Será que não vai interferir com a tua vida profissional?

Ou atrapalhar qualquer outra área da tua vida que consideras importante.

Se a resposta for três treinos semanais, constrói o teu plano à volta de três treinos semanais. Não cinco.

E a alimentação?

Que alimentos gostas e que alimentos detestas?

Achas que consegues comer apenas frango e brócolos todos os dias durante meses?

Ou seria mais sustentável diversificares um pouco a tua dieta e ires adaptando de forma gradual?

Ou fazer apenas quatro refeições em vez de sete se é isso que encaixa melhor no teu dia a dia.

Atenção

Isto não significa que não devem existir alguns sacrifícios.

Não significa que basta ir ao ginásio uma vez por semana e comer apenas alimentos deliciosos.

Consistência sem esforço não te vai levar longe.

Mas a haver sacrifícios serão menores e necessários, e acima de tudo, implementados de forma gradual e a pensar a longo prazo.

Não se conseguem obter bons resultados no ginásio sem esforço.

Da mesma maneira que não se conseguem sem consistência.

O que deves fazer é sim encontrar o equilíbrio entre ambos para a tua situação específica.

Planeia de forma realista para que consigas manter o teu plano a longo prazo. Cria hábitos.

É a longo prazo que os resultados aparecem. Não em uma semana ou um mês.

Existem mais algumas coisas que te vão ajudar a obter bons resultados e o artigo Os 7 hábitos para o sucesso no ginásio diz-te quais são.

Deixar um comentário

Open

Códigos Myprotein AQUI